segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Filosofando em gotas VIII


O bem, o belo e o verdadeiro

Para o famoso filósofo grego Platão, a essência de todas as coisas está no bem, no belo e no verdadeiro.  Mas o que será que Platão queria dizer com esta afirmação? Vamos tentar deduzir o que se passava na cabeça deste homem milenar.

Há um ditado popular muito conhecido que diz "fazer o bem sem olhar a quem". A arte de fazer o bem, de querer o bem, principalmente sem olhar a quem, não é uma prática fácil em tempos de egoísmo e individualismo. Mas, para Platão é o primeiro passo para conhecermos e vivenciarmos a essência das coisas.

Um outro ditado popular, com um viés platônico diz que, "a beleza está no olho de quem vê". Mas o belo, para Platão, vai além da estética, da percepção visual... é popularmente conhecida também, pela aquela famosa expressão, é importante perceber a "beleza interior". E isto significa valorizar a essência das coisas, treinar o olhar para perceber as coisas boas que a vida nos proporciona.

Conheceis a verdade é ela vos libertará! Outra famosa e conhecida frase, usada mais nos aspectos religiosos, mas que carrega tudo aquilo que Platão também quis mostrar com os seus ensinamentos. Para Platão, o uso da verdade, ou procurar ser verdadeiro se faz necessário para mergulharmos na essência das coisas.

Assim, conclui-se que para o filósofo a essência não é o objeto, o fato ou a circunstância específica, mas sim, a forma como nos deixamos envolver com cada situação ou com um determinado objeto. Percebendo assim, o bem, o belo e o verdadeiro em cada situação. 

domingo, 18 de novembro de 2012

Tá ligado - DoctumTV

Veja, no vídeo abaixo, a participação deste professor e de seus alunos da Escola prof. Jairo Grosi, no programa "Ta ligado" da DoctumTV. Tema: Relação pais e filhos.

sábado, 10 de novembro de 2012

terça-feira, 6 de novembro de 2012

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

A consciência e a política


Mesmo tratando de um tema polêmico, portanto, um assunto que mereça um debate mais profundo e participativo, a minha motivação em compartilhar este vídeo está relacionado ao peso da nossa consciência nas nossas escolhas, opiniões e atitudes. Gaste alguns minutos do seu tempo, veja, reflita sobre os aspectos que envolvem este vídeo.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Filosofando em Gotas VII


HUMANIZAR

Humanizar é uma palavra que está na moda. A todo momento ela é utilizada como forma de adjetivar uma ação humana. Humanizar se tornou um objetivo.

Humanizar significa torna mais humano. Tornar algo mais humano. Significa sair da aspereza, da frieza, do moralismo...

Humanizar significa estimular as qualidades, as potencialidades, a crença no possível, a capacidade que há em cada um de nós em fazer o bem, o justo...

Humanizar significa transformar as relações, quebrar paradigmas, transformar conceitos, rever o possível, transformar o impossível.

Humanizar provoca a sensibilização, a emoção, a inquietação, o despertar para novas possibilidades...

Humanizar ignora o preconceito, a discriminação, as falsas verdades, os interesses pessoais, o egoísmo, a vaidade, o comodismo...

Humanizar faz o ser humano voltar para si mesmo, faz o ser humano acreditar que ele é humano, a resgatar suas raízes, a perceber seus valores...

Humanizar... tornar humano, o que com o tempo foi se tornando desumano, pelo próprio ser, que constantemente se diz humano. 

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Breve Introdução à Filosofia

Para quem gosta de ler sobre Filosofia e está iniciando os seus estudos filosóficos, segue abaixo uma "Breve Introdução à Filosofia". Clique na imagem para ter acesso ao livro digital.


Breve introdução à filosofia

Reportagem da Doctum TV


Veja no vídeo abaixo, a participação deste professor, 
em uma reportagem da Doctum TV, sobre o Casarão das Artes.


terça-feira, 7 de agosto de 2012

Filosofando em gotas VI



Fé... condição humana de lançar-se no abismo do desconhecido, de acreditar no impossível, de embrear-se pelos labirintos que a vida nos proporciona, acreditando sempre que há uma saída.

Fé... sentimento que alimenta a alma, que revigora as forças, que permite cada um de nós ultrapassar os próprios limites.

Fé... alimento que aquieta, conforta... que afaga a alma em aflito. Fé, limite do ilimitado, parâmetro do desconhecido, fronteira do interminável.

Fé... a mola mestra da conduta humana, conselheira das realizações, estrela guia da peregrinação humana nos caminhos terrenos...

Fé... sinônimo de oração, de joelhos dobrados, preces, silêncio, meditação, adoração, de paz interior...

Fé... sinônimo de luta, de perseverança, de grito, de coragem de combater o bom combate, de coragem de enfrentar os desafios, de coragem de defender a justiça...

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Filosofando em gotas V


RECOMEÇAR

Recomeçar que simploriamente pode ser entendido como começar de novo. Situação que parece ser corriqueira, mas que exige uma série de circunstâncias exteriores e interiores, do próprio ser.

Recomeçar está intimamente ligado à humildade, pois é ela que em muitas casos será a seta, o norteador. A humildade permite a cada um de nós perceber o momento de recuar, de parar, de recomeçar.

Recomeçar pode significar refazer a mesma coisa, aperfeiçoando-a, corrigindo os possíveis e detectados equívocos. Bem como, pode significar a busca por um novo caminho, ainda não trilhado. Assim, o recomeçar pode significar também o surgimento do novo.

Recomeçar faz parte da sabedoria humana... uma atitude que remexe valores, ponto de vistas, opiniões... uma atitude que quebra parâmetros, estremece paradigmas, dimensiona novos olhares.

Recomeçar... atitudes de pessoas fortes, capazes, corajosas e livres para tomadas de decisões. Decisões estas que abrem novos horizontes, que mudam a lógica das coisas, que redimensiona a vida para novas possibilidades.

Recomeçar o que permite a cada um de nós a possibilidade de sempre recomeçar, portanto, de ser feliz!

terça-feira, 31 de julho de 2012

Filosofando em gotas IV

O Cego e o Cego

Um dia, um cego chegou perto de outro cego e disse:
- Há quanto tempo estamos vivendo neste mundo escuro? Você se lembra daquela época em que conhecíamos a luz? Tudo era diferente! Tínhamos a luz mas não tínhamos as pessoas ao nosso redor. Hoje, temos as pessoas que nos acompanham diariamente, sempre há alguém conosco, mas nos falta a luz! O que deveríamos fazer para voltarmos a enxergar?
O outro cego, espantado com as inquietações do amigo disse:
- Você está me fazendo pensar. Na verdade nem me lembro do porque ficamos cegos. Você, meu amigo, que é uma pessoa mais observadora poderia me dizer qual o motivo nos levou a ficar sem ver a luz?
O cego que esperava por um resposta se espantou!!!! Ficando admirado com a profundidade do questionamento do amigo: o motivo da falta de luz.
Então, os dois começaram a conversar e buscar na história o momento exato em que ambos deixaram de ver a luz, e depois de muita prosa chegaram a uma perigosa descoberta: a cegueira era proveniente de um encontro com um ex-companheiro de escola, que ousou dizer ser um condutor de vidas.
Mas, o que é um condutor de vidas? É uma profissão especializada em administrar os bens públicos. Sendo bem administrado os bens sociais todos os envolvidos podem ver a luz, agora, sendo mal conduzido enraizará o escuridão por onde passar.
Então, quer dizer que foi depois daquele encontro que ficamos cegos! E agora, o que fazer? Como poderemos ver a luz novamente? – um cego disse para o outro.
O outro respondeu:
- Resta-nos o diálogo. Pois assim fazendo conseguiremos saber quais são as intenções do nosso ex-companheiro em nos manter cegos. Vamos conversar, trocar idéias... vamos buscar em nossas vida, a resposta para esta interrogação.
Sabemos que eles viviam conversando, este diálogo durou meses. Até que eles chegaram a uma conclusão. Quando víamos a luz, conseguíamos trilhar o nosso caminho, fazer a nossa história. Éramos responsáveis pelos nossos atos, pela nossas vidas, o triste é que não valorizávamos as pessoas. Depois que ele, apoiado pela nossa preguiça, começou a administrar nossas vidas, fomos perdendo a visão, e assim aceitando seus palpites e suas ordens. Não conseguíamos ver nada mesmo, deixávamos a nossa vida em suas mãos, e ele fazia o que queria para o seu proveito pessoal.
Hoje, o tempo mudou, ainda não vemos a luz como antes, mas estamos dispostos a cada dia chegarmos mais perto da claridade. E isto se fez pela transformação de nossas vidas. Hoje, sonhamos, queremos e lutamos! Acreditamos e valorizamos mais os seres humanos. Procuramos ser responsáveis pelas nossas atitudes, queremos ser gente, dotados de liberdade e condições de sermos felizes!

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Filosofando em gotas III

A RENÚNCIA

Renunciar não é uma tarefa fácil, exige desapego, segurança, em muitos casos, saber o que quer, ser persistente, ter um olhar além das montanhas.

Renunciar faz parte da vida humana. Vivemos renunciando a todo momento. A grande questão está em como lidamos com as renúncias que fazemos. Se estamos preparados para ela, ou até mesmo se nos preparamos para tal ação.

Renunciar pode apresentar um caminho sem voltas. Por exemplo, de acordo com as tradições da Igreja Católica, quando uma pessoa decide ser padre ela está renunciando a possibilidade de uma vida conjugal oficializada pela própria igreja.

Renunciar pode apresentar a descoberta de novos valores e sabores. Dentre várias possibilidades vou citar um exemplo, quando um casal renuncia a vida sem filhos, permite a possibilidade de conhecer e vivenciar o amor de ser papai e mamãe. E só quem é pai e mãe sabe o que isto significa.

Renunciar pode se tornar um peso, quando o fazemos sem querer. Renunciar pode se tornar uma alívio, quando é conscientemente realizado. Renunciar pode ser tornar fuga, busca, conflito, solução...


Renunciar pode significar um passo que é dado para trás, mas que nos permitirá a distância necessária para grandes saltos. Renunciar significa a coragem de deixar de fazer o corriqueiro em prol de grandes conquistas.  

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Filosofando em gotas II

A VAIDADE

A vaidade é um estado de espírito que co-habita a existência humana a séculos. Nela é depositado estilo de vida, de pensamento, de comportamento... em muitos casos se torna a seta que guia as pretensões humanas.

A vaidade não deve ser confundida com cuidado, com a ato de cuidar. Ser cuidadoso é ser zeloso, presente, vigilante... é ter a consciência do que é preciso ser feito, conduzido, da necessidade do próprio ser.

A vaidade é personificada na figura de Narciso, no famoso Mito de Narciso, que basicamente é descrita da seguinte maneira:

Um jovem, Narciso, por se achar tão bonito, forte, vistoso... acredita que não deveria dedicar-se a ninguém, que todos não são dignos da sua companhia, dos seus afetos, da sua pessoa. Em um determinado dia, ao beber água em um lago, deparou-se com a sua imagem sendo refletida no espelho d'água, ficou tão admirado, envaidecido, passando assim, a fixar o seu olhar naquela imagem. Conta a mito, que ele não conseguiu deixar de fitar sua própria imagem, por considerá-la bela demais, até que em um determinado momento ele caiu no lago e morreu afogado.

A vaidade é assim, corrompe a alma humana, direciona para a morte. Não necessariamente a morte física, mas a morte interior do ser, da essência humana. Ela tampa os olhos, promove o egoísmo, deixa o ser insensível. 

Narciso (1594 - 1596), por Caravaggio.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Filosofando em gotas I

A PALAVRA

A palavra mais do que um vocábulo, um registro, uma expressão ortográfica... é também a manifestação do conhecimento, do saber, do desejo, do sonho, do pensamento... nas palavras pode-se concentrar a externalidade da alma, pode-se transfigurar o sujeito.

A palavra caracteriza o clímax da comunicação, a verbalização do ser. Nela, almas se unem, projetos ganham força, a sociedade estreita os seus laços. Mal dita, mata mais que a espada, bem dita alavanca o ser da obscuridade.

A palavra que em si mesma, apenas representa, o que em muitos casos a própria palavra não pode ou não consegue representar em uma palavra.

A palavra que faz da vida uma história que será eternamente registrada. Criando assim, elos que interligam gerações. 

terça-feira, 12 de junho de 2012

Trabalho de Campo - Pedra Itaúna

Os professores Fernando (Geografia) e Walber (Sociologia/Filosofia) juntamente com os alunos dos 2° anos do ensino médio, estiverem envolvidos, no dia 5 de junho, em uma Aula Prática, na APA Pedra Itaúna. 

quinta-feira, 3 de maio de 2012

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Acontecimentos...

Trabalho de campo: A Prof. Ângela Imaculada (Geografia) e o Prof. Noé (Ciências) organizaram um Trabalho de Campo com os alunos do 9° ano do ensino fundamental. O trabalho foi realizado no Córrego do Laje. E teve por objetivo verificar os aspectos geográficos locais e qualidade da "nossa" água.

Mística Pascal: Organizado pela Prof. Ana Eymard (Ética e empreendedorismo) o evento foi realizado em comoração e reflexão ao Dia da Páscoa. Aconteceram vários momentos de reflexão, com os alunos, pais e funcionários. 

Capacitação dos professores: no dia 31 de março todos os professores da escola estiveram reunidos para uma manhã de capacitação. O tema desenvolvido foi "Inclusão na escola". Foi uma manhã muito proveitosa.

terça-feira, 27 de março de 2012

Aulão interdisciplinar: Hidrelétricas

Hidrelétricas, este foi o tema do Aulão Interdisciplinar com envolveu os alunos do 3° Ano do Ensino Médio na manhã de ontem, dia 26. Os professores envolvidos neste evento foram Ricardo (História), Eflaviano (Física), Toninho (Biologia), Fernando (Geografia), Walber (Sociologia/Filosofia) e Magaly (Supervisora).

domingo, 25 de março de 2012

Felicidade Clandestina

Na última quinta-feira, dia 22 de março, os alunos dos primeiros anos do ensino médio, da Escola Prof. Jairo Gorssi, estiveram reunidos para o estudo da obra literária "Felicidade Clandestina" de Clarice Lispector. O debate da obra foi orientado pelos professores Walber (Filosofia e Sociologia), Ronaldo (Literatura) e Mirela (Português). 
 

quinta-feira, 8 de março de 2012

Apoio!!!!

Quero agradecer a todas pelas manifestações de carinho, de apoio. Por acreditarem em mim!! Recebi vários telefonemas, mensagem, postagem!!! Podem ter certeza que eu não iria decepcioná-los. Mas meu tempo foi curto!! Entretanto, cidadão caratinguense, fiscalize, acompanhe... não esperem pela cega e interesseira "Justiça", não podemos deixar acabarem com a nossa cidade, pois a prefeitura está um caos, pra não falar outras coisas.
Existem dois "velhos deitados" que gostaria de compartilhar com vocês, para sintetizar toda a situação:
1) "Sonho que se sonha só é apenas um sonho, Sonho que se sonha junto vira realidade". E o sonho não acabou... e nem poderá!!!
2) Martin Luther King dizia: "“O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons”. Dá na hora de nos movimentarmos chega de silêncio.

sexta-feira, 2 de março de 2012

Fórum: Tira-dúvidas

TIRA DÚVIDAS VIRTUAL
Queridos alunos e queridas alunas da Escola Prof. Jairo Grossi, na próxima semana, mais precisamente na quinta-feira, dia 08 de março, um data muito especial, pois comemoramos o Dia Internacional da Mulher, estaremos realizando a nossa primeira prova do ano de Filosofia/Sociologia.
Portanto, deixo este espaço aberto para eventuais dúvidas. Se você estiver estudando e surgir uma dúvida clique na palavra "comentários" (abaixo) e post a sua dúvida, assim que eu acessar responderei!
Bons estudos!!!

Documentário: Fahrenheit 11 de setembro

Fahrenheit, filme 1024x768 Papel de Parede Wallpaper
Motivados pelos professores Walber (Filosofia e Sociologia) e Fernando (Geografia) os alunos dos 3° anos do ensino médio estão envolvidos na discussão do polêmico documentário "Fahrenheit: 11 de setembro".

Central do Brasil

Em um projeto interdisciplinar, envolvendo os alunos do 7° anos do ensino fundamental, as professoras Fernanda (Geografia) e Maria José (Literatura) estão utilizando o filme "Central do Brasil". Várias atividade serão desenvolvidas tendo como base o filme.

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Documentário: Ilha das Flores

Nesta manhã de quarta-feira, durante as aulas de biologia e filosofia, os alunos dos 1° anos do ensino médio estiveram reunidos para verem e analisarem, juntamente com os professores Walber (Filosofia) e Ângela (Biologia) o famoso documentário de Celso Furtado "Ilha das Flores". Esta atividade interdisciplinar está contando também com a participação do Prof. Fernando (Geografia).

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Projeto "Troca de experiências"

Ontem teve início o Projeto "Troca de experiências", que tem como finalidade trazer para a escola seus ex-alunos para contar suas experiências acadêmicas e profissionais. A nossa primeira convidada foi a nossa ex-aluna Stefany, que formou em 2009. Atualmente ela está estudando o 5° período de Jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora. 


Orientação Vocacional

A Escola Prof. Jairo Grossi, em parceria com o curso de Psicologia da UNEC, está desenvolvendo junto aos alunos do 3° ano do ensino médio um projeto que visa a orientação vocacional, portanto, um trabalho que tem como objetivo principal ajudar os alunos na escolha da sua vida acadêmica e futuramente a sua profissão. Este trabalho está sendo dirigido pela brilhante Psicóloga Renata.

Sucesso!!! Essas são minhas alunas!!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Atividade interdisciplinar do filme: "O homem de neandertal"

Entre as atividades letivas desta manhã de quinta, os alunos dos 6° anos do ensino fundamental, estiveram envolvidos em uma atividade interdisciplinar. Orientados pelas professoras  Fernanda (Geografia) Elvira (História) e Marineusa (Portugês) os alunos assistiram e analisaram o filme "O homem de neandertal"

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Reunião de pais

Aconteceu, ontem à noite, no auditório da escola, a 1° Reunião de Pais dos alunos do Ensino Médio. Na oportunidade foram apresentadas a propostas da escola e dos professores para 2012, bem como um momento de trocas de ideias e informações referentes ao atual ano letivo.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Primeiro dia!

Meus alunos e minhas alunas, hoje começamos mais uma jornada. Que este ano, seja um ano de conquistas, de vitórias! Mais lembre-se sempre, o sucesso depende das nossas escolhas... é preciso QUERER!! Sejamos todos bem-vindos, e juntos vamos fazer deste ano, um super ano!! Inté...